Uso de Celulares Multi-SIM no Brasil

Publicado: 30 Nov 2015

Última Atualização: 30 Nov 2015

Telefones celulares com mais de um cartão SIM se tornaram populares no Brasil, uma vez que permitem ao usuário escolher os serviços que melhor se adequem à suas necessidades. Nesse artigo abordaremos um pouco mais sobre a tecnologia multi-SIM e como ela é utilizada no Brasil.

Dispositivos móveis com tecnologia que permite o uso de mais de um cartão SIM ainda são populares no Brasil. Celulares multi-SIM tiveram um enorme crescimento nos últimos anos, e apenas em 2013 as vendas de tais dispositivos aumentaram 680%, de acordo com a IDC Brasil. Espera-se que essa adoção permaneça elevada, especialmente com o lançamento de novos celulares com a tecnologia 3G e 4G.

Atualmente, as principais fabricantes já oferecem smartphones de entrada até topo de linha com opção pelo dual-SIM, que é a mais comum no país. Em abril de 2015, smartphones representaram 77,5% de todos os modelos de celulares no Brasil, de acordo com a IDC Brasil.

Telefones celulares com capacidade para 3 ou 4 chips, que são o máximo suportado, são raros no país, uma vez que não são amplamente vendidos por grandes marcas ou lojas de varejo. Consumidores estão acostumados a procurar modelos diretamente na loja das operadores, que obviamente não oferecem opções para celulares multi-SIM. Aparelhos com mais de 3 chips são geralmente fabricados por empresas chinesas e são feature phones, o que explica a baixa adoção uma vez que o consumidor tende a buscar smartphones.

A marca de celular mais vendida no Brasil durante 2014 foi a Samsung, seguida pela LG e Nokia. Modelos dual-SIM também estavam entre os mais vendidos, todos intermediários ou topo de linha, como o Samgung Galaxy S4 Mini Duos e o Samsung Galaxy Gran Duos. Isso é um reflexo dos grandes investimentos da empresa sul-coreana no desenvolvimento da tecnologia dual-SIM.

Quais os Motivos para Escolher um Celular Multi-SIM?

Os consumidores brasileiros escolhem celulares dual-SIM por um motivo principal: economia em ligações. Os planos oferecidos pelas operadoras possuem grande diferença entre si, como o preço, qualidade do serviço, dentre outros benefícios. Por exemplo, uma operadora pode oferecer um pacote de dados mais barato, enquanto outras oferecem ligações gratuitas para números dentro da mesma rede, e outras mensagens ilimitadas.

Usar mais de um chip permite que o usuário escolha qual opção melhor atenda suas necessidades, de acordo com um propósito específico. Contudo, as provedoras já estão oferecendo novos planos que diminuem os custos de ligações para outras operadoras.

Celulares com mais de um chip também são utilizados por aqueles que possuem números corporativos e não desejam carregar mais de um aparelho.

Uma vez que as operadoras trabalham na mesma faixa de frequência, não há limitações para o uso de acordo com o modelo escolhido pelo cliente. De acordo com a IDC Brasil, a tendência entre as fabricantes é oferecer cada vez mais opções com a tecnologia 4G.

Utilizando a Tecnologia Multi-SIM

Existem diversas maneiras disponíveis em um telefone celular para mudar entre um chip e outro, de acordo com qual você deseja usar. Um vez que tal sistema não é padronizado, ele pode variar entre os fabricantes. A maioria dos smartphones com a tecnologia realizam a troca de chips através do menu de notificações. Ainda existem modelos que possuem um botão físico para tal operação.

Atualmente, todos os modelos possuem um sistema denominado “dual standby”, o que significa que se você está em uma ligação utilizando um chip, as ligações feitas para o outro são enviadas para a caixa de mensagens ou ficam fora de serviço. O mesmo sistema é válido para chamadas de rádio, oferecidas pela Nextel. Ainda é possível encontrar modelos mais antigos com o sistema “full active”, que permite chamadas simultâneas.

As configurações do aparelho geralmente oferecem opções para definir quais as funções realizadas por cada chip, como qual fornecerá conexão de dados, chamadas ou envio de mensagens. Contudo, em alguns modelos, o serviço de internet está disponível apenas para chips inseridos no slot 1 e não em ambos, por isso é importante checar quais são as opções de conexão disponíveis em seu telefone.

Na prática não existem grandes diferenças entre cartões com um ou mais chips, uma vez que eles operam de maneira semelhante. A única desvantagem de celulares multi-SIM é o consumo de bateria, que tende a ser maior já que o aparelho usa mais energia para manter as redes operacionais. Contudo esse problema tende a ser menor em modelos mais recentes, que utilizam sistemas que ajudam no gerenciamento do consumo de bateria. Celulares com mais de 3 chips possuem uma desvantagem adicional por serem fabricadas por marcas menos conhecidas, que vez ou outra oferecem baixa qualidade e são vendidas com pouca ou nenhuma garantia para o usuário.

Obtenha Auxílio em Mobile e Telecom agora

O Tech in Brazil possui ótimos parceiros que podem te prestar auxílio. Preenchendo o formulário abaixo você receberá uma recomendação por e-mail de uma empresa que poderá melhor te atender. Este serviço é gratuito para leitores do Tech in Brazil.


Autor do Artigo

Lucas Boechat

Lucas Boechat

Contribuidores Editoriais